Entrevista com Júlio Bressane sobre “Educação Sentimental”

Quando esteve pela última vez no Festival de Locarno?

Há 46 anos, quando trouxe meu primeiro filme como diretor, Cara a Cara. Não me lembro de nada. Só de que meu filme foi muito mal recebido.

Por que faz cinema?

O cinema é uma questão de sobrevivência. É fazendo filmes que conheço a mim mesmo.

Em que clima existe seu filme?

Vivemos a época da tirania bancária que nos dá a sensação do desespero na paz. Ao mesmo tempo, ele é uma maneira de tratar sua própria patologia, pois esta é de um tipo que engendra esse filme. É preciso trabalhar em cima desses distúrbios, pois as imagens vão de imagens fantasmas a imagens sintomas. Porque o cinema perdeu sua força, limitado que está pela cultura, e é muito difícil julgar as coisas de nossa época, mesmo as que detestemos. Pode-se falar que o cinema desapareceu porque perdeu sua transparência e passou para a opacidade, essa transição do celuloide transpassado pela luz para o digital, que é um processo importante, mas que não consiste mais na projeção e na transparência.

Em que sentido pode ser entender esse desaparecimento do cinema?

Sabemos que um certo tipo de cinema desapareceu, mas não morreu. Essa é a dialética da sobrevivência, o cinema está talvez num intervalo, estruturando sua sobrevivência. Não se deve confundi-la, porém, com salvação, porque não há nada a salvar. As próprias imagens de meu filme são de sobrevivência e, ao mesmo tempo, imagens autônomas.

Como se pode entender a personagem do rapaz calado e ouvindo a maior parte do tempo em Educação Sentimental?

É uma espécie de educação sentimental. A mulher cultiva a leitura, filha de pais intelectuais que liam, coisa que já não é tão comum. E ela vê um rapaz, desprovido de tudo, mas que tem um dom, o da escuta, mesmo se não compreende nada. Se sabe ouvir, é o começo da história. Mas, ao mesmo tempo, é uma provocação, porque ela fala de coisas que sabe serem desconhecidas pelo rapaz.

 

Via Estadão, por Rui Martins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: