Pesquisadores formados

Doutores

Anelise Rublescki

Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestre em Comunicação Social e Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – convênio IBICT/CNPq – Eco/UFRJ e doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Pós-Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria, onde atua na docência e orientação do mestrado e da graduação. Áreas de Interesse: Jornalismo – Webjornalismo – Teorias da Comunicação – Semiótica

Bruno Bueno Pinto Leites:

Pesquisador na área de Cinema. Em 2017, defendeu a Tese “Quando a imagem faz sintoma: imagem-pulsão e neonaturalismo no cinema brasileiro dos anos 2000”, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Entre 2014 e 2015 realizou estágio doutoral no IRCAV, Sorbonne Nouvelle – Paris 3. Entre 2016 e 2017, foi professor substituto dos cursos de cinema da UFPel. É pesquisador associado aos seguintes grupos: GPESC – Grupo de Pesquisa em Semiótica e Culturas da Comunicação (UFRGS/RS) e GRUDES -Desdobramentos simbólicos do espaço urbano em narrativas audiovisuais (UTP/PR). Também é produtor de audiovisual. Tem interesse nas seguintes áreas: cinema brasileiro, imagem, filosofia, narrativa e produção cultural. Atualmente é professor do IFRS, campus Alvorada, nos cursos técnicos de Produção de Áudio e Vídeo (integrado no Ensino Médio) e de Processos Fotográficos (subsequente).

Carla Schneider

Carla Schneider é professora no Centro de Artes (UFPel) , curso Cinema de Animação e doutoranda em Comunicação e Informação (FABICO – UFRGS). Seu objeto de pesquisa relaciona aspectos teóricos associados à Vilém Flusser, Lev Manovich e Lucia Santaella mediante abordagem arqueológica foucaultiana sobre os modos de produção das imagens no cinema de animação. Mestre em Comunicação Social (PUCRS – 2008) sua dissertação envolveu a pesquisa de um formato específico de comunicação estratégica, pelo ponto de vista da produção, considerando o relacionamento e a interação junto aos públicos de interesse institucional através de narrativas em desenho animado sobre conteúdos da gestão da qualidade. Além disso, é especialista em Gerenciamento de Projetos (MBA – FGV, 2005) e bacharel em Artes Visuais (Universidade Federal do Rio Grande do Sul – 1997).

Carlise Scalamato Duarte

Bacharel e Licenciada em Dança pela Faculdade de Artes do Paraná (UNESPAR/Curitiba Campus II/FAP). Especialista em Corpo Contemporâneo pela FAP. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), na linha de pesquisa Mídia e Processos Audiovisuais. Doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na linha de pesquisa Cultura e Significação. Professora e Coordenadora do Curso de Dança- Licenciatura da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Coordena o Grupo de Pesquisa em Audiovisualidades da Dança (GPAD) – linha de pesquisa Dança e Tecnologias Digitais. Associada a ANDA (Associação Nacional de Pesquisadores em Dança). Bailarina, Coreógrafa, Professora e Pesquisadora. Pesquisa: Dança, Cultura Digital, Corpo, Audiovisual e Semiótica da Cultura.

Felipe Diniz

Cineasta, doutor em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na linha de pesquisa Linguagens e Culturas da Imagem.  Possui graduação em comunicação social- publicidade e propaganda pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2000) e mestrado em Comunicação e Informação pela UFRGS (2012). É diretor e produtor de cinema e sócio da Modus Produtora de Imagens. É pesquisador nas áreas de cinema e audiovisualidades. Dedica-se principalmente à prática e à pesquisa do cinema documentário. Atualmente sua pesquisa de doutorado é intitulada “A Tangibilidade do Silêncio no Cinema: Acontecimento Efeitos de Presença”.

Flávia Garcia Guidotti

Professora e Coordenadora do Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Jornalismo. Possui graduação em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pelotas (2002), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2007) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Pelotas, com estágio sanduíche na Universidade de Barcelona (2013). Pesquisa e orienta nas seguintes áreas: regimes discursivos das imagens (narrativos, estéticos e retóricos); culturas da imagem; cinema documentário; cinema brasileiro; cinema e jornalismo; audiovisualidades; fotojornalismo.

Jamer Guterres de Mello

Pesquisador de Pós-Doutorado (PNPD/Capes) em Comunicação na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, onde desenvolve projeto de pesquisa sobre as videoinstalações do artista e cineasta alemão Harun Farocki. Doutor em Comunicação e Informação (2016) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGCOM-UFRGS), onde desenvolveu pesquisa sobre os agenciamentos estéticos e políticos do uso de imagens de arquivo nos documentários de Harun Farocki, na Linha de Pesquisa Cultura e Significação. Realizou estágio de Doutorado Sanduíche no Departament de Comunicació Audiovisual da Universitat Autònoma de Barcelona, sob a supervisão de Josep Maria Català Domènech. Mestre em Educação (2010) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGEDU-UFRGS), onde desenvolveu pesquisa sobre arte, filosofia, ciência e a estética dos fanzines, na Linha de Pesquisa Filosofia da Diferença e Educação (DIF – artistagens, fabulações, variações). Tem graduação em Química Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (2006). Integra o Grupo de Pesquisa (diretório CNPq) Semiótica e Culturas da Comunicação (GPESC) e é editor do blog Zinescópio (biblioteca virtual de fanzines). Possui experiência no ensino de cinema experimental, cinema documentário, história e teorias do cinema, teorias da comunicação e teorias da arte. Possui experiência também em orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso na área de comunicação e audiovisual. Tem participado de diversos congressos internacionais na área da comunicação no Brasil e no exterior, discutindo resultados de pesquisa em eventos no Chile, na Argentina e em Portugal. Foi integrante da equipe de produção do festival Cine Esquema Novo, realizado em Porto Alegre, nas edições de 2011 e 2013, foi membro do Conselho Deliberativo da SOCINE (Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual), na gestão 2013-2015, como representante discente.

Rafael Wagner dos Santos Costa

Possui graduação em Comunicação Social – Habilitação Relações Públicas pela Universidade da Amazônia (2002), especialização em Cinema pela Universidade Tuiuti do Paraná (2005) e mestrado em Comunicação pela Universidade de Marília (2005). Atualmente é professor do Instituto Macapaense de Ensino Superior, na área de Metodologia Científica e Produção de Textos. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Mídia e Cultura, atuando principalmente nos seguintes temas: mídias, cinema.

Marcelo B. Conter

Doutor em Comunicação e Informação (UFRGS – Conceito CAPES 5); Mestre em Comunicação & Informação. Bolsista CAPES; Graduado em Comunicação Social Hab.: Publicidade e Propaganda (Unisinos). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Teoria da Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: música; imagem-música; videoclipe; audiovisualidades; canção popular; produção de áudio; comunicação digital. Também é videasta e músico.

 

Patrícia de Oliveira Iuva

Professora Adjunta do Curso de Cinema, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na Linha de Linguagem e Culturas da Imagem. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), na Linha de Mídia e Processos Audiovisuais. Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Bolsista do PET (Programa de Educação Tutorial) durante a graduação, bolsista CNPq durante o mestrado e bolsista CNPq durante um período do doutorado. Áreas de interesse: montagem cinematográfica, estética audiovisual, semiótica, teoria do autor no cinema, extra-fílmicos/paratextos (trailers, making ofs), campo cinematográfico e trajetória do artista, narrativas seriadas, gênero, identidade e sexualidade.

 

Mestres

Marcio Telles da Silveira

Marcio Telles da Silveira é mestrando em Comunicação e Informação (UFRGS), estudante de especialização em Jornalismo Esportivo (UFRGS) e jornalista graduado pela mesma instituição, com a defesa do trabalho de conclusão de curso “Futebol da televisão: moldurações audiovisuais.” Pesquisa as interações entre esporte e mídia, sobretudo futebol e televisão.

 

Guilherme Gonçalves da Luz

Mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Graduado em Cinema e Animação pela Universidade Federal de Pelotas. Estudou Bacharelado em Ciências Musicais pela Universidade Federal de Pelotas, curso interrompido em 2011. Atualmente é servidor da Universidade Federal do Rio Grande, ocupando o cargo de Coordenador Técnico da emissora FURGTV. Tem interesse nas áreas de Semiótica, Semiótica crítica, Pós-Estruturalismo, teorias do cinema e Cinema político na América Latina. Possui produção técnica e artística em audiovisualidades em autoria e co-autoria.

Elenice Mattos Correa

Graduação em Licenciatura (1984) e Bacharelado (1988) em Artes Plásticas, Especialização em Expressão Gráfica (1993), todos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2008). Atualmente, integra o grupo de pesquisa e o projeto CIVITAS, vinculado ao Laboratório de Estudos em Linguagem, Interação e Cognição (LELIC) / UFRGS e atua como professora no Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos Paulo Freire / Prefeitura de Porto Alegre. Tem experiência nas áreas de Artes Plásticas, Artes Gráficas, Arte e Tecnologia e Educação.

Maurício José Melim

Possui graduação em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pelo Instituto Superior e Centro Educacional Luterano Bom Jesus-IELUSC (2001) e mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2008). Atualmente é professor da Faculdade de Tecnologia São Carlos e professor da Faculdade Metropolitana de Guaramirim. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Estética e Semiótica.

André Dornelles Pares

Possui graduação em Comunicação Social – Habilitação Jornalismo, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2005), e graduação em Filosofia, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007). Atualmente é mestrando em Ciências da Comunicação na Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Tem experiência na área de Comunicação em crítica de cinema, rádio e assessoria de imprensa. Na área de Filosofia, em educação e ensino médio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: